quinta-feira, 10 de março de 2011

Bastava...


Lamento que as pessoas não vejam a mesma realidade. Os meus olhos são os mesmos que os vossos: nutridos pelo cheiro da frustração e envolvidos pelo odor da revolta. Não digo nada, limito-me a levantar as minhas vozes e deixá-las cair em terra. Também não quero ser ouvida, porque sei que não vou ser ouvida. Resta-me que a leveza mantenha contacto comigo e que dela brote pedaços de sorrisos. Sei que assim vou continuar a ser eu e de mim não vai sobrar nada a não ser uma alma igual às demais. Ainda, sei que os meus passos não estão de acordo com os meus olhos, para tal serve a minha boca onde nela dita o silêncio.


13 comentários:

  1. eu concordo plenamente com o que me disseste, e acho q apesar de todas as contrariedades, estamos aqui por uma razão, aprender a ser FELIZES .

    ResponderEliminar
  2. força :D eu adoros todos dele, acho que ele tem mesmo carreira praquilo xD

    ResponderEliminar
  3. gosto (:
    obrigado querida, e sim é realmente verdade, infelizmente s:
    e obrigado pela força ! *-*

    ResponderEliminar
  4. não somos, nem nunca seremos .
    o que seria a vida, se não houvessem complicações? :o

    ResponderEliminar
  5. eu gostava de ter essa felicidade total por um dia, levantar-me e ter tudo aos meus pés , gostar de toda a gente, ter muitos amigos verdadeiros, não ter problemas de notas, ser rica e muito feliz. mas também não creio que gostasse disso por mais de um dia, porque tenho a certeza que me iria tornar numa rapariga um bocado para o fútil, :s

    ResponderEliminar
  6. concordo mais uma vez contigo!
    de nada, não precisas de agradecer:))

    ResponderEliminar

Expressa-te.