quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Esta coisa de gostar de alguém.


"Quando se gosta de alguém temos sempre rede, nunca falha a bateria, nunca nada nos impede de nos vermos e nem de nos encontrarmos no meio de uma multidão de gente. Quando se gosta de alguém não respondemos a uma mensagem só no final do dia, não temos hipotéticos acidentes de carro, nem nunca os nossos pais se sentiram mal a ponto de nos impossibilitarem o encontro. Quando se gosta de alguém, ouvimos sempre o telefone, a campaínha da porta... Quando se gosta de alguém – e estou a escrever para os que gostam - nada nos impede de estar juntos, porque nada nem ninguém é mais importante, do que nós."*

Fernando Alvim, o grande.

* - uma pequena tomada de atenção a este texto.

9 comentários:

  1. obrigada por todas as tuas grandes palavras Nádia, acredita minha querida sabe bem ler os teus comentários, vejo em ti prontidão a ajudar os outros, e tenho a agradecer-te por isso !
    Eu estou bem Nádia, estou feliz, leve porque ele falou-me na segunda e resolvemos tudo, ficamos amigos, e o que eu precisava era disso, de ter as coisas resolvidas para poder "partir", não quer dizer que não o ame, porque amo, e ele vai ser sempre o meu eterno !

    ResponderEliminar
  2. este post está lindo, tão verdade, é mesmo quando se gosta ouve-se sempre a campainha da porta, o telemovel, tudo !

    ResponderEliminar
  3. tenho de agradecer sim Nádia, as tuas palavras valem muito, obrigada por estares aqui !
    Qualquer coisa que precises, estou aqui minha querida <3

    ResponderEliminar
  4. que fofinha Nádia :$
    temos sempre as nossas discussões, mas o que são uns momentos maus comparados com tudo que eles me dão ? Não são nada, podem não ser os mais liberais do mundo, prendem-me muito, mas eu sei que tudo o que eles fazem é para o meu bem, concordando ou não com as decisões deles, eu sei que é por gostarem de mim e se preocuparem comigo !
    A minha mãe já esteve internada duas vezes no hospital da perlada no porto, porque tem um problema crónico nos ossos, e teve de ser operado, é uma coisa grave, que lhe causa muitas dores, e sofrimento, mas ela está sempre bem, já tem a doença desde que nasceu, e ao longo dos anos vai piorando, por isso é provavel que daqui a uns anos, espero que sejam muitos muitos ela não consiga andar :| Mas agora o problema, é que a médica desconfia que ela tenha alguma coisa nos ovários, ela ter alguma coisa tem, só que ainda não recebeu a carta para fazer o exame, e só quando o fizer é que saberá, pode não ser nada de grave, e eu espero que não, espero que não mesmo, tenho muito medo :(

    ResponderEliminar
  5. sim, concordo com tudo o que disseste, obrigada Nádia, obrigada, obrigada minha querida !

    ResponderEliminar

Expressa-te.