quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Pareço uma abóbora...


Pareço uma abóbora: depois da meia-noite transformo-me. Dito assim até parece assustador, ou não, mas a verdade é que depois da dita hora aqui, por casa, instala-se o silêncio. E eu? Penso e penso e chego a conclusões brilhantes que outrora não me tinha varrido pela cabeça.

6 comentários:

  1. Obrigada querida! De facto é tão verdade. Muitas vezes dizemos mal do tempo mas se vermos bem, ele também é preciosos em certas coisas!

    ResponderEliminar
  2. oh, muito obrigada e ainda bem que concordas :p

    ResponderEliminar

Expressa-te.